Posts Tagged ‘genética’

OBAMA É QUE É O CARA!

10/06/2011

 

 

October 14, 2010|By the CNN Wire Staff 

Obama: Homossexualidade não é escolha

(CNN) – O presidente Obama disse hoje que acredita que a homossexualidade não é uma escolha, mas o resultado de pessoas nascidas com “uma certa composição.”

Seu comentário foi feito durante um evento informal – organizado pela BET Networks da Viacom, CMT e MTV – em que os estudantes fizeram-lhe perguntas.

Perguntado diretamente se pessoas escolhem ser gays ou transgêneros, ou se nascem assim, Obama disse que não era um especialista, e acrescentou em seguida: “Não acho que é uma escolha. Penso que pessoas nascem com uma certa composição”

“Somos todos crianças de Deus,” disse Obama. “Nós não determinamos a quem amar. Por isso acho que discriminação com base em orientação sexual é errado.”

É provável que a posição do Presidente tenha irritado alguns grupos cristãos conservadores que defendem que é pecado e que consequentemente implica em escolha. [Mas nada provam cientificamente…]

http://articles.cnn.com/2010-10-14/politics/obama.homosexuality_1_homosexuality-transgender-people-choice?_s=PM:POLITICS

 

O Gay Católico observa que apesar de declarar não ser um especialista, seguramente Barack Obama tem a melhor assessoria técnica e científica do planeta. Veja em links agregados à carta aberta que o Gay Católico dirigiu à Presidenta Dilma Roussef, a explanação que o Dr. Jerome Goldstein fez no 21º Congresso da Sociedade Européia de Neurobiologia que ocorreu entre 28 e 31 de maio último.

https://gaycatolico.wordpress.com/2011/06/08/presidenta-dilma-roussef/

PORQUE A BÍBLIA ME DIZ ASSIM

26/01/2011

O AMOR É O ESPÍRITO DE DEUS PRESENTE E VISÍVEL EM CADA UM DE NÓS E NO OUTRO.

29/05/2010
 
GAY CATÓLICO
 
Gay, ou GLBTTTI, é um ser humano com identidade sexual diversa da heterossexual. Esta, a identidade sexual humana dominante e hegemônica. Enquanto espécie é a única diferença.
 
Católico é o humano pertencente à religião cristã universalizada com sede na Santa Sé, o Vaticano. 

Pertinência religiosa é a filiação à uma doutrina de fé no Transcendente Absoluto, Deus.

Jesus de Nazareth, o Cristo é o Filho Unigênito de Deus.

BREVE RETROSPECTO DO BLOG GAY CATÓLICO

No Prólogo tentamos elaborar um panorama da situação dos gays católicos. Triplamente discriminados: pelos gays por serem católicos, pelos católicos por serem gays e pela sociedade heteronormativa. [02]
Contamos apenas um caso em três episódios de como um gay se torna católico a despeito da opressão gerada pela discriminação no meio. [03] , [04] , [05]
Gay nasce gay, mas escolhe ser católico. E escolhe ser católico porque, à exceção da discriminação sofrida por sua orientação sexual, é com a doutrina católica que se identifica, e nenhuma outra responde tão integralmente às suas exigências. A sua “desobediência” será analisada a posteriori. [# in comentários]
Ele entende que há um percurso para – sem perder nada – viver plenamente a sua afetividade e sexualidade. A importância do primeiro encontro, a corte, o namoro, o noivado, e finalmente o casamento que celebra na noite de núpcias. Cada um desses passos tem seu significado sem o qual não compreende a relação com o outro. [09] , [10] , [11] , [12]
Sua religiosidade é isenta de culpa porque acredita em Jesus, quando em Mateus 19, 11-12, revela só a quem é capaz de entender, que desde o ventre materno assim foi formado e que portanto está no Plano de Deus. [13]
Unidos por Deus no casamento, o mistério do Amor  – Deus –  revela-Se na fusão dos cônjuges, na experiência única, real e concreta da ininterrupta Presença do Amor entre ambos, identificando-os um no outro ao ponto de cada um ser dois e os dois… Um.  [14]
E ainda sem deixar de ser, cada um, ele mesmo. É o encontro com o Sagrado que conduz à família homoparental, à educação da prole segundo determinação divina, o envelhecimento na companhia dos seus e finalmente a dignidade da passagem para a Glória do Senhor.  [17]
 

 

FLASHBACK

30/04/2010

FLASHBACK

 

No PRÓLOGO  do nosso blog apresentamos links para dois trabalhos científicos que remetem à evidência de que a homossexualidade é genética e, ou, resultante de fatores intra uterino.

Jesus Cristo, Nosso Senhor, já afirmava isso. Nasce-se gay. PALAVRA DO SENHOR.

Quem documenta essa verdade, essa afirmação, é o Apóstolo Mateus em

MATEUS 19, 11-12

¹¹Ele acrescentou: “Nem todos são capazes de compreender essa palavra, mas só aqueles a quem é concedido. ¹²Com efeito, há eunucos que nasceram assim, desde o ventre materno. E há eunucos que foram feitos eunucos pelos homens. E há eunucos que se fizeram eunucos por causa do Reino dos Céus. Quem tiver capacidade para compreender, compreenda!”

Se você leitor, me permitir, vou colocar aqui meu raciocínio. Simples, sem dúvida, e sem a menor pesquisa ou perspectiva histórica. Puro raciocínio de lógica.

2. “Eunucos feitos pelo homem”. CASTRADOS. Que não se recusavam ao sexo mas que não podiam procriar. ESTERILIZADOS INTENCIONALMENTE.

3. “Eunucos por causa do Reino dos Céus”. NÃO CASTRADOS. Que se recusavam ao sexo porque poderiam procriar e seus filhos poderiam ser um impedimento para dedicar-se a Deus. ESTERILIZADOS INTENCIONALMENTE.

1. “Eunucos desde o ventre materno”. NÃO CASTRADOS. Que não se recusavam ao sexo mas que não podiam procriar. ESTERILIZADOS CONGÊNITOS.

Ora, com efeito, os inférteis e os homossexuais estão neste último conjunto.

Por que haveria Jesus de dizer: “Nem todos são capazes de compreender essa palavra, mas só aqueles a quem é concedido”? E ainda reafirma concluindo: “Quem tiver capacidade para compreender, compreenda!”.

Se Ele só estivesse referindo-se aos adultos estéreis, aqueles que não tinham filhos do casamento, não seria necessário fazer a ressalva de que poucos compreenderiam Suas palavras.

Ou seria? Já que a infertilidade era sempre num primeiro momento atribuída à mulher.

Não. Porque quando a mulher era estéril, era dado ao homem o direito de ter outra mulher. É o caso de Abraão e Sara. Significa então, que era do conhecimento de todos que existiam homens estéreis, e assim não haveria necessidade de ressalvas.

Logo, Ele estava referindo-se APENAS aos que não se recusavam ao sexo, sem com isso passar a idéia de que se referia aos machos adultos estéreis. Quer dizer, Ele estava referindo-se somente aos nascidos sexualmente ativos que recusavam-se ao sexo com mulheres. Os homossexuais.

Conclui-se daí que Ele afirmou, em MATEUS 19, vers 11, que os homossexuais nascem homossexuais.

E é ainda de se reparar que Ele coloca os homossexuais no início da lista de eunucos.


%d blogueiros gostam disto: