A ESTRATÉGIA DE LOUIS P. SHELDON

MINHA AGENDA É A PAZ

LUTAMOS PELA DIVERSIDADE SEXUAL PORQUE JÁ ENTENDEMOS QUE ELA É A ONTOLOGIA DE TODA A DIVERSIDADE HUMANA

Os “pastores” fundamentalistas neo pentecostais querem usar o que eles fingem acreditar, preceitos bíblicos contraditórios (e por isso não sagrados), para na verdade abrir caminho para um projeto mais largo de hegemonia de seu grupo.

Agora eles estão usando as populações LGBTs como bodes expiatórios porque ainda há resquícios de homofobia nas outras confissões religiosas. Mas na verdade eles querem vencer os homossexuais, aqui e no mundo, para depois partirem numa cruzada contra as outras religiões, e finalmente, contra o Estado Laico.

Eles sonham retomar o poder que os profetas tinham antes dos reis, onde os místicos controlavam o povo e sua cultura, inclusive a ciência.
É uma empreitada paranóica porque eles são paranóicos, mas o que estão fazendo é um enorme estrago no tecido social.

Eles são a maçã podre do balaio. Os falsos profetas do 3º milênio que apenas por terem o carisma do poder como tiveram Hitler e Mussolini, acreditam que são os profetas de Deus. Escondem suas insustentáveis contradições atrás da trincheira armada contra as populações da diversidade sexual, hoje já reconhecidas pelas religiões mais tradicionais, senão no todo, caminhando para isso.

Não. As populações da diversidade sexual são exigências da natureza que eles querem dar como pervertidas, Como se fosse possível que meia duzia de frases lidas fora do contexto histórico tivessem mais poder que uma natureza de muitos milhares de anos espalhada por toda a superfície terrestre. A ontologia de Deus está na ontologia da Terra.

As populações LGBTs não são contra as religiões, até porque sua imensa maioria é constituída por pessoas que acreditam no transcendente e estão disseminadas por todas as confissões religiosas. Mas, as populações LGBTs não podem mais estar submissas ao fundamentalismo religioso porque estas populações LGBTs são as que receberam o bastão para dar continuidade à evolução das civilizações nas sua perfeita harmonia com todas as tradições as mais diversas. A diversidade sexual é o carro chefe da diversidade cultural, política e religiosa.

É isso que eles querem destruir para em seguida destruir toda diversidade humana.

Tags: , , , , , , , ,

7 Respostas to “A ESTRATÉGIA DE LOUIS P. SHELDON”

  1. Paulo do Carmo Mafra Blanco Says:

    O Tempo era Império Romano, o contexto era de um povo descomprometido com os limites, as palavras foram mais do que “meia dúzia”.

    Eu amo por ISTO alerto!

    A(s) PALAVRA(s) que É O VERBO, que é CRISTO diz(em)

    ” Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
    Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente.
    Amém.
    Por isso Deus os abandonou às paixões infames.
    Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
    E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.

    E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
    (ESPÍRITO de CRISTO em Paulo, carta aos Romanos 1:24-28)

    • gaycatolico Says:

      “concupiscências de seus corações imundícia; desonrarem seus corpos entre si; serviram mais a criatura do que o Criador; paixões infames; mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza; homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros homens com homens; cometendo torpeza; Deus os entregou a um sentimento perverso; fazerem coisas que não convêm… ”

      É verdade. Bandalheira não pode. Não convém. É corrrupção. Aquele que acredita em Deus deve amar o homem, se for homem, como Davi amou a Jônatas, com respeito, dignidade e paixão sublime. Se mulher amando a outra mulher, deve amá-la também com respeito, dignidade e paixão sublime.

      Nada de paixão infâme; nem com animais que isso é bestialismo; nem deixar sua mulher pra cair na farra no vestiário masculino do campo de futebol, ou ficar fofocando sobre as mulheres nuas das revistas nas mesas de um bar; torpeza não pode (homofobia é torpe); sentimento perverso como condenar o pecado ao invés de afirmar a virtude, mesmo que não a conheça; fazer negócio ou política com a fé também não convém.

      É isso aí. Paulo estava certíssimo. Pena que quem lê Paulo lê com espírito de luxúria. Uma pena mesmo…

  2. Haroldo Says:

    Ei doido!!!

    Sê tá chegando de Marte? Chegou na era errada. Pelo seu artigo, você pensou que estava no fim da idade média, ou no começo…

  3. jaqueline silva Says:

    ta amarrado em nome de jesus

  4. jaqueline silva Says:

    respeito o direito de escolha de cada um,agora querer basfema ja e demais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: