Archive for junho \23\UTC 2011

DILMA ROUSSEF, EU SOU VOCÊ AMANHÃ!

23/06/2011

O DISCURSO QUE ESPERAMOS OUVIR DE DILMA ROUSSEF, A PRESIDENTA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

http://www.youtube.com/watch?v=wQLxr3oIKE0

 

 

NOSSO MÁRTIR, NOSSO HERÓI, NOSSO SANTO!

21/06/2011

OBAMA É QUE É O CARA!

10/06/2011

 

 

October 14, 2010|By the CNN Wire Staff 

Obama: Homossexualidade não é escolha

(CNN) – O presidente Obama disse hoje que acredita que a homossexualidade não é uma escolha, mas o resultado de pessoas nascidas com “uma certa composição.”

Seu comentário foi feito durante um evento informal – organizado pela BET Networks da Viacom, CMT e MTV – em que os estudantes fizeram-lhe perguntas.

Perguntado diretamente se pessoas escolhem ser gays ou transgêneros, ou se nascem assim, Obama disse que não era um especialista, e acrescentou em seguida: “Não acho que é uma escolha. Penso que pessoas nascem com uma certa composição”

“Somos todos crianças de Deus,” disse Obama. “Nós não determinamos a quem amar. Por isso acho que discriminação com base em orientação sexual é errado.”

É provável que a posição do Presidente tenha irritado alguns grupos cristãos conservadores que defendem que é pecado e que consequentemente implica em escolha. [Mas nada provam cientificamente…]

http://articles.cnn.com/2010-10-14/politics/obama.homosexuality_1_homosexuality-transgender-people-choice?_s=PM:POLITICS

 

O Gay Católico observa que apesar de declarar não ser um especialista, seguramente Barack Obama tem a melhor assessoria técnica e científica do planeta. Veja em links agregados à carta aberta que o Gay Católico dirigiu à Presidenta Dilma Roussef, a explanação que o Dr. Jerome Goldstein fez no 21º Congresso da Sociedade Européia de Neurobiologia que ocorreu entre 28 e 31 de maio último.

https://gaycatolico.wordpress.com/2011/06/08/presidenta-dilma-roussef/

PRESIDENTA DILMA ROUSSEF

08/06/2011

 

Exma Sra.

Dilma Roussef, Presidenta da República Federativa do Brasil.

 

Entre 28 e 31 de maio último aconteceu em Lisboa o 21º Congresso da Sociedade Européia de Neurobiologia (ENS). Nele o Dr. Jerome Goldstein, diretor do San Francisco Clinical Research Center (EUA) enfatizou que “A orientação sexual NÃO É UMA QUESTÃO DE ESCOLHA, é principalmente questão neurobiológica pré natal. Existem vínculos inegáveis. Nós queremos torná-los visíveis”.

 

http://www.medicalnewstoday.com/releases/226963.php

 

Ele mencionou a pesquisa sueca da neurocientista Ivanka Savic, do Instituto Karolinska de Estocolmo e os vários estudos com gêmeos, que aliás comentei aqui  há algum tempo; tanto o trabalho sueco como o anglo-sueco da Queen Mary University of London, ambos de 2008.

 

http://www.pnas.org/content/105/27/9403.abstract?sid=319b7033-3b4e-48bc-a3db-e8dba26b1260 

http://www.qmul.ac.uk/qmul/news/newsrelease.php?news_id=1075 

 

 
E veja V. Excia que ele acrescenta: “Temos de continuar a apresentar dados que mostram as diferenças ou semelhanças entre os cérebros dos homossexuais, heterossexuais, bissexuais e pessoas trans sexo. É evidente que a base da orientação sexual está no cérebro e suas diferenças na estrutura e função cerebral, e compete à área da Neurologia”

 

O Dr. Goldstein acrescentou mais… “A neurociência tem muito a oferecer para a compreensão das origens de todas as variações da orientação sexual. A neurobiologia da orientação sexual e do cérebro gay, combinados com outros estudos hormonais, genéticos e estruturais, tem conseqüências de longo alcance para além da orientação sexual. Variadas abordagens já estão surgindo como resultado do reconhecimento das diferenças de orientação sexual e do advento da medicina de gênero específico.”

 

Repare Sra. Presidenta que ele fala em “medicina de gênero específico”. É fantástico e revolucionário.

 

É a última, mais avançada, abalizada e confiável assertiva de que a homossexualidade NÃO É OPÇÃO, é inata. Incontestável.

 

Não é doença, não é opção, é CARACTERÍSTICA INATA.

 

Na certeza de que V. Excia considerará a ciência como parâmetro para as afirmações presidenciais.

 

E pela soberania do Estado Laico.

 

 

PRESIDENTE COMO MANDA O FIGURINO

05/06/2011

 

A Casa Branca

Gabinete do Secretário de Imprensa

 

Para Divulgação Imediata                    31 de maio de 2011

Proclamação Presidencial – Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros Mês do Orgulho

——- 
PELO PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

PROCLAMAÇÃO

A história da comunidade americana de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (LGBT) é a história de nossos pais e filhos, mães e filhas, e os nossos amigos e vizinhos que continuam a tarefa de tornar nosso país uma União mais perfeita. É uma história sobre a luta para realizar a grande promessa americana que todos possam viver com dignidade e justiça sob a lei. Todo mês de junho, comemoramos os indivíduos corajosos que lutaram para conseguir essa promessa para LGBTs norte-americanos, e nós nos dedicamos à busca de direitos iguais para todos, independentemente da orientação sexual ou identidade de gênero.

Desde sua posse, minha administração tem feito progressos significativos para alcançar a igualdade para LGBT americanos. Em dezembro passado, assinei orgulhosamente a revogação da política discriminatória “Don’t Ask, Don’t Tell”. Com esta revogação, os americanos gays e lésbicas serão capazes de servir abertamente nas nossas Forças Armadas, pela primeira vez na história da nossa nação. Nossa segurança nacional será reforçada e as heróicas contribuições que estes americanos fazem ao nosso militar, e têm feito ao longo de nossa história, será plenamente reconhecida.

Minha administração também tomou medidas para eliminar a discriminação contra LGBT norte-americanos em programas habitacionais federais e dar aos LGBT norte-americanos o direito de visitar seus entes queridos no hospital. Temos deixado claro, através de políticas de não discriminação do Poder Executivo que a discriminação com base na identidade de gênero no local de trabalho Federal não serão tolerados. Continuei a nomeação e eleição dos altamente qualificados indivíduos abertamente declarados LGBT para o Poder Executivo e cargos no Judiciário. Porque reconhecemos que os direitos LGBT são direitos humanos, a minha Administração está com os defensores da igualdade em todo o mundo na liderança da luta contra as leis perniciosas de que são alvo as pessoas LGBT e de tentativas maliciosas de excluir as organizações LGBT de uma plena participação no sistema internacional. Lideramos uma campanha global para assegurar que a inclusão da “orientação sexual” na Resolução das Nações Unidas sobre execuções extrajudiciais – a única resolução da ONU que menciona especificamente as pessoas LGBT – para enviar a mensagem inequívoca de que não importa onde ocorre, sancionada pelo Estado, o assassinato de gays e lésbicas é indefensável. Ninguém deve ser prejudicado por causa de quem são ou quem elas amam, e minha administração tem mobilizado sem precedentes compromissos públicos de países ao redor do mundo para se unirem na luta contra o ódio e a homofobia.

Em casa, estamos trabalhando para resolver e eliminar a violência contra as pessoas LGBT através da nossa aplicação e execução do “Ato de Prevenção de Crimes de Ódio Matthew Shepard e James Byrd Jr.”. Também estamos trabalhando para reduzir a ameaça de assédio moral contra os jovens, incluindo jovens LGBT. Minha administração está ativamente engajada com educadores e líderes comunitários de toda a América para reduzir a violência e discriminação nas escolas. Para ajudar a dissipar o mito de que o bullying é uma parte inofensiva ou inevitável do crescer, a Primeira Dama e eu sediamos a primeira Conferência da Casa Branca sobre Bullying Prevenção em março. Muitos altos funcionários da Administração também se juntaram a mim para ajudar aos jovens LGBT que foram agredidos e gravamos as “It Gets Better” mensagens de vídeo para assegurar que eles não estão sozinhos.

Este mês também marca o 30 º aniversário do surgimento da epidemia de HIV / AIDS, que teve um profundo impacto sobre a comunidade LGBT. Embora tenhamos feito progressos na luta contra essa doença devastadora, ainda resta muito trabalho a ser feito, e eu estou empenhado em expandir o acesso à prevenção do HIV / AIDS e cuidados. No ano passado, anunciei o primeiro estudo abrangente, a Estratégia Nacional para HIV / AIDS para os Estados Unidos. Esta estratégia centra-se na combinação de abordagens baseadas em evidências para diminuir as novas infecções em comunidades de alto risco, melhorar o atendimento a pessoas vivendo com HIV / AIDS, e reduzir as disparidades de saúde. Minha administração também aumentou fundos domésticos HIV / Aids para apoiar o o Programa Ryan White do HIV / Aids e prevenção do HIV, e para investir em pesquisa de HIV /AIDS. No entanto, o governo não pode assumir sozinho esta doença. Este aniversário é uma excelente oportunidade para a comunidade LGBT e aliados retomarem a sensibilização sobre o HIV / AIDS e continuar a luta contra esta pandemia mortal.

Cada geração de americanos trouxe nossa nação para mais perto de cumprir sua promessa de igualdade. Embora progressos tenham tomado tempo, as nossas conquistas no avanço dos direitos dos LGBT norte-americanos lembram-nos que a história está do nosso lado, e que o povo americano nunca irá parar de lutar para a liberdade e justiça para todos.

AGORA, PORTANTO, EU, BARACK OBAMA, Presidente dos Estados Unidos da América, em virtude da autoridade investida em mim pela Constituição e pelas leis dos Estados Unidos, proclamo junho 2011 como o Mês do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros. Apelo ao povo dos Estados Unidos a eliminar o preconceito que existe em todo lugar, e para celebrar a grande diversidade do povo americano.

EM FÉ DO QUE, eu assino o presente documento neste trigésimo primeiro dia de maio, no ano do Senhor de dois mil e onze, e da Independência dos Estados Unidos da América aos duzentos e trinta e cinco anos.

BARACK OBAMA

http://www.whitehouse.gov/the-press-office/2011/05/31/presidential-proclamation-lesbian-gay-bisexual-and-transgender-pride-mon


%d blogueiros gostam disto: