FINALMENTE! UM BISPO CATÓLICO A CAMINHO DA VERDADE

“Concordo e aceito um homem que viva com um homem”

Entrevista com D. Januário Torgal Ferreira, bispo das Forças Armadas e de Segurança de Portugal. Por Rosa Ramos, Publicada em 26 de junho de 2010 pelo

iOnline

 

(sobre a aprovação do casamento gay pelo Presidente Cavaco Silva) 

… “Para mim, independentemente do conteúdo – eu não concordo com a noção de casamento -, concordo e aceito um homem que viva com um homem e uma mulher que viva com uma mulher.

Isso não o choca?

É evidente que não. A atitude que tenho de ter é a respeitabilidade.”

(sobre as relações homossexuais)

Como encara o movimento de gays católicos?

São pessoas que põem problemas. Eu acho que o drama de cada pessoa deve ser entendido. Nós julgamos e jogamos com generalidades. Eu despertei para este problema já há muitos, muitos anos, quando conheci um casal que já não era jovem e que me confessou, amargurado, que o filho era homossexual. E eles sofriam e diziam: “Não discriminamos o nosso filho, achamos que não é um crime.” Nós podemos não aceitar nem entender que os nossos filhos sejam homossexuais, mas temos de os amar, não os podemos afugentar. E a Igreja só pode ter uma atitude: acolher, ouvir, tentar entender. Eu às vezes pergunto a colegas: “Você já alguma vez falou com um homossexual?” É que eu já e sabe o que é que vi? Uma pessoa que sofria loucamente, porque não era entendida, porque tinha uma orientação sexual que não é aceite socialmente. Alguém que se sentia só, escorraçado. Alguém que se escondia.

A Igreja acolhe os homossexuais, na verdade. Desde que não pratiquem a sua homossexualidade…

Com certeza que um casal homossexual não é um teórico, não é? E os afectos traduzem-se por essa prática, por essa fusão psíquico-afectiva da unidade misteriosa que é o ser humano.

A Igreja tem de entender isso?

Entender, sim. Sacralizar é que não – porque o amor, para a Igreja, é um sacramento, o matrimónio. Esta é uma matéria muito complexa, que tem de ser muito bem compreendida. E nenhuma instituição pode dizer se aceita ou não aceita. Cada caso é um caso.”

 

Enquanto tantos caminham em direção e sentido contrário, D. Januário já encontrou o sentido. E a direção da sua jornada converge para O CAMINHO. Ele ainda é jovem… vai conseguir alcançar a plenitude da caminhada.

Tags: , , , ,

2 Respostas to “FINALMENTE! UM BISPO CATÓLICO A CAMINHO DA VERDADE”

  1. Jomário Gama Says:

    Na ultima frase há um erro grave!

    “Enquanto tantos caminham em direção e sentido CORRESTOS, D. Januário já encontrou o sentido DO ERRO. E a direção da sua jornada converge para O CAMINHO ERRADO. Ele ainda é jovem… vai conseguir alcançar a plenitude da caminhada.”

  2. SILVA Says:

    as vezes a nossa vissa nos ensina que os nossos conceitos sao transformados com o tempo, não por causa do modernismo mas por perceber que somos limitados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: