SOB O OLHAR DO CRISTO REDENTOR

VÍTIMAS DE EXPIAÇÃO EM RITOS PROPICIATÓRIOS

Desde sempre as religiões politeístas ou não mantiveram seus altares para seus ritos propiciatórios onde imolavam as vítimas de expiação. Queriam com isso “agradar a Deus” expiando seus próprios pecados através da oferta ao divino de um dos escolhidos dentro ou fora do seu povo, para que seus deuses lhes fossem propícios em suas colheitas, nos campos de batalhas de conquistas, na fertilização de seu povo. Os sacerdotes que presidiam tais ritos eram financiados pelos maiores interessados: os governos, os ricos e toda sorte de gananciosos por riqueza e poder.

Imolaram homens, mulheres, crianças e animais. Imolaram os seus e o dos outros, libertos e escravos, brancos, índios, negros, amarelos e vermelhos.

Até que Deus horrorizado com os acontecimentos, Ele mesmo, usou o seu próprio filho como a última das vítimas de expiação da humanidade. Jesus de Nazareth, que deu origem à cristandade.

Mas a cristandade, das religiões a mais chamada a acabar com esses rituais sangrentos não acreditou naquele sacrifício, que deveria ter sido o último.

E desde então, buscou uma forma de enganar a si mesma e a Deus, e continuou sacrificando, fazendo uso de altares outros e carrascos gentios, e continuou imolando gente até os dias de hoje.

E hoje essas vítimas de expiação são os homossexuais e a ordem para imolar está aqui, no ítem 2357 desta página:

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p3s2cap2_2196-2557_po.html

Ordem que que tem sido seguida por todas as filiações cristãs à exceção de uma parca minoria que finalmente entendeu o Sacrifício da Paixão de Cristo.

Entretanto, o povo está acordando para o pecado imperdoável das igrejas e vem exigindo que seus juízes, mais inspirados que os sacerdotes, tomem a iniciativa de acabar com essa prática hedionda, já que seus sacerdotes se recusam. Mas os viciados em sacrifícios não descansarão até imolar a última vítima dos seus estoques que agora só restam armazenados: os mais raros do ocidente, os negros homossexuais da África e os homossexuais do mundo islâmico.

Nesta quarta semana de junho de 2010 outro rito propiciatório levado a cabo por um grupo de infiéis, inspirados na Carta de Identificação de Vítimas Expiatórias para Ritos de Propiciação acima mencionada, aconteceu no Rio de Janeiro, Brasil.

Que Sua Santidade o Papa, do mais alto da sua divina inspiração, da sua santa inteligência, da sua máxima caridade resolva que se apague essa mancha negra e purulenta da Doutrina Cristã. Que seja o exemplo definitivo e a prova cabal de que o SACRIFÍCIO PELO SEU PRÓPRIO PAI OFERECIDO, DE JESUS DE NAZARETH, O CRISTO DE DEUS, foi finalmente aceito pelos homens.

Então, os mártires se alegrarão junto com o SENHOR, na terra como no céu.

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: