DOUTRINA 2

A TERRA JÁ LOTOU COMO QUIS DEUS QUANDO DISSE: “SEDE FECUNDOS, MULTIPLICAI-VOS, ENCHEI A TERRA E SUBMETEI-A” Gn 1, 28
A Bíblia como vimos é legítima. É então, a Palavra de Deus. Sendo a palavra de Deus, é eterna. E sendo eterna é fundamental que se admita como será lida no futuro longínquo.

A Bíblia tem sido lida e interpretada através de fatos e ensinamentos morais. Mas ela é mais que isso. A Bíblia é o espelho do homem criação de Deus. Deus a “escreveu” como vimos no post anterior, para que o homem tomasse conhecimento de que fôra criado à Sua semelhança e assim pudesse reconhecer a Deus e a si mesmo.

A Bíblia, e isso já se tem como certo pela maioria dos teólogos, não pode ser lida literalmente. Porque sendo Palavra de Deus, é eterna. Foi escrita para ser entendida pelo homem do presente e do futuro.

Deus é o Criador de tudo para os que Nele crêem.

Tendo Deus criado, construído o homem, construiu-o À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA e para povoar a Terra, e o fez de modo que se reproduzisse até que toda a Terra fosse tomada. Deus portanto, não ordenou que o homem procriasse, mas sim constituido para essa tarefa. Fêz o homem fértil e não só capaz de gerar novos indivíduos, mas introduziu nele um apelo ao qual seu corpo sequer pudesse recusar-se. O apelo à cópula.

Seguramente considerou que um dia a Terra estaria plena de habitantes. E que esse fato aconteceria antes que o homem pudesse alcançar outros mundos para habitar. Por isso Deus fez o homem para povoar a Terra e não o Universo. Não o proibiu de povoar o Universo, mas foi feito para povoar a Terra. Uma bola fechada e limitada. Com recursos consequentemente limitados por Ele.

E determinou, agora sim uma ordem, que o homem O amasse sobre todas as coisas, inclusive sobre a si mesmo. Seu primeiro mandamento. Uma lógica que ultrapassa qualquer razão.

A procriação humana, à Sua imagem e semelhança, até que a Terra fosse totalmente ocupada dar-se-ia no corpo de modo prioritário mas não único porque acompanhada da criação no espírito. Uma vez alcançada a lotação da Terra, a procriação no espírito, muitas vezes negligenciada pelo homem, passaria à primazia. Assim completar-se-ia o Seu propósito, o Seu Plano de Criação do homem à Sua imagem e semelhança em espírito. Porque Deus é Espírito.

Já hoje, início do século XXI da Era Cristã, o homem consome a Terra uma vez e meia do que ela pode produzir. A Terra lotou de gente.

Veja em
http://www.footprintnetwork.org/en/index.php/GFN/page/world_footprint/

 

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: